É CRIME! Trote telefônico faz ambulância do SAMU se deslocar até a divisa da PB com Ceará

Ambulância na base após voltar do falso acidente (Foto: Reprodução/Diário do Sertão)

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Regional de Cajazeiras foi acionada às 06:50h desta terça-feira (15) para um acidente de moto na BR 116, mas ao chegar no local, constataram que a ocorrência não passou de um trote.

O Técnico Auxiliar de Regulação Médica (TARM) recebeu a ligação através do número 192, colheu as informações e encaminhou a ligação ao médico que autorizou o envio da ambulância.

A equipe se deslocou por quase 30 quilômetros até chegar a um posto de combustíveis que fica próximo à divisa da Paraíba com o Estado do Ceará. Porém, ao chegar no local, os moradores informaram que não foi registrado nenhum acidente.

A Central de Regulação fez novo contato com o solicitante, porém, ele não atendeu as ligações.

Punição

O trote telefônico, quando efetuado para um serviço de emergência, passa a ser considerado crime, que, segundo o Artigo 340 do Código Penal, pode dar de um a seis meses de prisão e multa. Se a pessoa que fez a ligação for identificada, pode cumprir pena. Em caso de crianças, os pais podem responder.

Fonte: Diário do Sertão
Campelo - Diário do Sertão em Sousa