UIRAÚNA: Vereador sugere que Cagepa não cobre pela água, devido a má qualidade


O vereador José Fernandes Moreira (PSDB) procurou a reportagem do Portal COFEMAC para comunicar o recebimento de um ofício da Cagepa em resposta a outro ofício enviado por ele solicitando informações sobre a qualidade da água que está chegando às torneiras dos consumidores através da adutora da barragem Capivara.

Segundo o parlamentar uiraunense, a resposta da empresa não é clara se essa água é apropriada para o uso humano. O ofício enviado ao vereador é assinado pela química responsável da Cagepa, Helena Eulália Matias Cavalcante.

O vereador acredita que devido a qualidade duvidosa dessa água, a Cagepa não deveria cobrar o valor do consumidor pela sua distribuição. Ele fala em entrevista ao Portal COFEMAC que a empresa deveria parar de cobrar as taxas pela distribuição da água, já que ela não está mais chegando com boa qualidade.

No documento enviado pela Cagepa a empresa diz ainda que é "imprescindível" a assistência do abastecimento através de carros-pipa. Ela relata que a água distribuída pela Operação Carro Pipa tem controle de análises garantido.

Reclamações - os consumidores de Uiraúna estão percebendo nos últimos meses uma queda muito acentuada na qualidade da água que chega em suas torneiras. A cor está turva e o líquido tem um cheiro estranho.

Apesar das reclamações, muitos concordam que pouco pode-se fazer para resolver esse problema. A única solução possível é a volta das chuvas para regarregar o volume da barragem. Enquanto isso paliativos como o abastecimento por carros-pipa já estão sendo sugeridos, como a Cagepa fez através desse ofício. Com relação a isso existe o problema de que não existe, teoricamente, de onde tirar água, já que todos os grandes mananciais estão secos.

Áudio:



Vereador pergunta, através de ofício, sobre a qualidade da água:


Cagepa respondeu assim:


COFEMAC