Ex-estudante de Direito é preso suspeito de vender drogas em faculdade


Um ex-estudante de direito de uma faculdade particular foi preso na manhã dessa segunda-feira (25), suspeito de vender drogas sintéticas na instituição. A prisão do jovem de nome Felipe Flup se deu com o desdobramento da ‘Operação Sintéticos’, deflagrada em novembro de 2017, que já prendeu quatro pessoas, incluindo um advogado que chefiava o grupo, na última sexta-feira (21).

Segundo a Polícia, a quadrilha tinha em média um lucro de R$ 700 mil com a venda das drogas.

O delegado da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), Braz Morroni, falou sobre a prisão do suspeito, e da ligação dele com a quadrilha presa.

“Esse foi mais um dos investigados da Operação Sintéticos. Ao tempo que ele estudava nessa faculdade, ele comercializava entorpecentes com os estudantes”, disse.

A Operação busca novos envolvidos de acordo com Braz Morroni, a operação deve continuar em busca de outros integrantes da quadrilha. “Essa operação ainda continua. Outros indivíduos que tiverem ligação com os que já foram presos também serão detidos”, completou.

Fonte: ClickPB