Mulher morre após tentar proteger filho de tiroteio, na Paraíba


Uma mulher identificada como Ana Glória Souza de Oliveira, 30 anos, morreu após tentar proteger o filho de um tiroteio no bairro Costa e Silva, em João Pessoa, na noite da quinta-feira (15). A vítima foi atingida com um tiro nas costas após sair de casa para buscar a criança que estava brincando na rua.

De acordo com testemunhas, um grupo de homens chegou no bairro em um carro de cor preta e começou a atirar contra Willames Joaquim da Silva, 39 anos, que também morreu no local. Segundo uma sobrinha da vítima que não quis se identificar, Willames era usuário de drogas e já estava ameaçado de morte. No momento do homicídio, Willames falava ao celular com a namorada e foi surpreendido pelos criminosos que atiraram contra ele.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto de Polícia Científica onde devem passar por perícia. A Polícia Civil ainda não conseguiu identificar a autoria do crime, mas segue investigando o caso e pede que quem tiver informações façam denúncias anônimas através do número 197.

Fonte: OP9