MP apura fraude em empenho e nepotismo na prefeitura de Joca Claudino

Denúncias motivaram inquérito contra prefeitura de Joca Claudino (Foto: Reprodução / Google Street View)

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu cinco inquéritos civis públicos para apurar denúncias contra a prefeitura de Joca Claudino, no Sertão paraibano, a 481 quilômetros de João Pessoa. Os procedimentos foram publicados na edição dessa terça-feira (26) do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público, a partir da página 13.

Dentre as denúncias, está a suposta prática de nepotismo por parte da atual prefeita e o possível ato de improbidade administrativa, consistente em fraude em empenhos emitidos nos anos de 2015 e 2016.

Outro possível ato de improbidade também é alvo de um inquérito no município. A investigação visa apurar se houve fraude em locações de veículos no ano de 2015. A locação de veículo para a Secretaria de Educação também motivou a abertura de outro inquérito. O promotor Hamilton Neves Filho quer apurar se houve violação aos princípios administrativos e prejuízo ao erário com o contrato.

Compra de tablets e ar-condicionado sob suspeita

O promotor Hamilton Neves Filho também determinou a abertura de inquérito para apurar se houve violação aos princípios administrativos e prejuízo ao erário, na aquisição de tablets e ar-condicionado para a Secretaria de Educação.

Fonte: Portal Correio
Alexandre Freire