Mulher confessa ter matado homem após sofrer assédio sexual, na Paraíba

(Foto: Ilustrativa/Reprodução)

Se entregou à polícia, na tarde desta terça-feira (19), uma mulher de 43 anos que afirmou ter matado um homem a golpes de faca, no município de Alagoa Nova, agreste paraibano. O delegado afirmou que a mulher alegou ter se defendido de uma tentativa de assédio sexual.

Henry Fábio, delegado responsável pela investigação, disse que o caso aconteceu no último domingo (17), por volta das 20h. Segundo o depoimento, a mulher estava em um bar da cidade quando o homem, de 42 anos, chegou ao local com sintomas de embriaguez e tentou assediá-la. O delegado afirmou que a mulher, para se defender, ela o atingiu com um golpe de faca no braço. No dia seguinte, o corpo do homem foi encontrado próximo ao local.

A era considerada foragida desde o dia do crime. Após investigações, a polícia conversou com a família, que informou que ela iria se entregar. Na tarde da terça (19), a mulher se apresentou, com um advogado, na Delegacia no município de Esperança.

Fonte: Porta T5
Carlos Rocha