Mulher é presa por abusar de garotos de 13 e outro de 14 anos; fotos eram envidas pelo WhatsApp


Neste fim de semana uma mulher de 38 anos foi denunciada às autoridades de Santiago del Estero, Argentina, depois de ser acusada de ser uma predadora sexual por abusar de dois menores.

Segundo El Liberal, a mulher acusada de abuso sexual duplo, ela teria solicitou constantemente a ajuda dos dois meninos, um de treze e quatorze anos, para cumprir algumas obrigações, como fazer compras ou carregar alguns objetos.

Sábado o escândalo veio à tona quando a irmã mais velha de menores encontrou um do celular desbloqueado e em seguida, ouviu uma mensagem de áudio WhatsApp em que a acusada pediu ajuda com mensagens obscenas e obscenidade.

As crianças explicaram à irmã que a vizinha chamava separadamente depois de ajudá-la com as coisas de que ela precisava, ela agradecia oferecendo-lhes algo para beber.

Os meninos explicaram que depois de conversar com ela e beber, eles se sentiam tontos e a mulher aproveitava essa situação para apalpá-los, tirar suas roupas e fazer sexo com eles.

Em outras ocasiões, a mulher parecia nua e as crianças não queriam participar do encontro sexual, fato que incomodava a mulher e batia neles sem antes tocá-las.

Uma vez que os materiais e testemunhos foram verificados, as autoridades locais emitiram um mandado de prisão contra essa mulher.

A mulher enfrenta duas acusações de abuso sexual e mais duas por abuso sexual infantil, crimes que poderiam pagar uma sentença de mais de quinze anos de prisão.