Mulher que apresenta boletim ‘Lula Livre’ é presa em investigação


Janice ‘preta’ Ferreira da Silva, militante que apresenta o ‘Boletim Lula Livre’, foi presa nesta segunda-feira, 25, em uma investigação sobre os movimentos que invadiram o edifício Wilson Paes de Almeida, no largo Paissaindú, em São Paulo, que desabou em 2018.

Janice e outros 3 líderes de movimentos sem teto são acusados de extorquir moradores das invasões além de associação criminosa. Outras 5 pessoas tiveram prisões autorizadas, mas não foram localizadas. A polícia também cumpriu 17 mandados de busca e apreensão.

Segundo a polícia, o grupo cobrava entre R$ 200 e R$ 400 de aluguel de cada morador da invasão. Os investigadores completam que inadimplentes eram ameaçados e até agredidos.

Fonte: G1