Presidente do PSL na PB sem eleição direta, Julian cobra atenção: “líder sou eu”


Presidente da comissão provisória que dirige o PSL na Paraíba, o deputado federal Julian Lemos comentou sobre a relação desgastada com o irmão do prefeito Romero Rodrigues (PSD), o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL).

Julian cobrou importância a si pois, segundo ele, líder partidário na história é ele. Presidente da comissão provisória, Julian teria até agosto para convocar eleições – fato que é cobrado não apenas por Moacir, mas por vários integrantes do PSL que não reconhecem a legitimidade do deputado na presidência do partido e alegam que Julian valeu-se de uma manobra para manter-se no poder sem eleições diretas.

“Não sei o porquê de vocês darem importância a esse negócio. Líder sou eu. Líder partidário. Eu tomo conta de uma legenda. Não sei se ele é líder político, sei que o irmão dele é [referindo-se a Romero Rodrigues]. A liderança dele [Moacir], eu não sei. Na casa em que todos querem mandar, ninguém manda. Onde um manda, todos mandam. Significa que a coisa tem organização. Eu respeito todo mundo. Se não me der respeito, eu danço a música que você colocar. O personagem [Moacir] não representa nenhum tipo de desalinhamento dentro do partido. Se representasse qualquer tipo de desarmonia, que não vai chegar isso, pois não vou deixar, pense num cabra que sabe resolver bronca: sou eu”, afirmou.

Fonte: Paraíba Já