Verdade ou Mentira que mulher viajou 70 horas para comemorar soltura de Lula e perdeu emprego?


Seria mesmo que alguém largou um emprego para ir comemorar a suposta liberdade do ex-presidente Lula?

Como todos sabem, a 2ª Turma do Supremo votou nesta terça (25) dois habeas corpus que poderiam livrar Luiz Inácio ‘Lula’ da Silva da prisão. O resultado vocês já sabem, por 3 votos a 2, O STF decidiu manter preso o ex-presidente.

Foi publicado no site Corvo News, uma matéria onde dizia que uma mulher viajou 70 horas para comemorar a soltura dele, perdeu o emprego e ainda pediu ajuda para voltar para casa, mas seria verdade?

O website identificou essa suposta trabalhadora com um nome bastante casual, Antônia Santos (Toinha), e é o único até o momento com essa publicação.

Na foto divulgada como sendo a suposta desempregada, analisamos que não se trata do assunto. Na verdade a moça em questão, segundo o site News Rondônia, trata-se de Cláucia Pereira da Silva, 46 anos, que foi visitar um filho no presídio e foi flagrada com na parte íntima, veja mais aqui. Isso aconteceu em 2015.

CONCLUSÃO
Isso não aconteceu, na verdade a mulher em questão não tem nada com essa notícia, ela foi flagrada com drogas em 2015, após entrar em presídio onde seu filho estava recluso.

Fonte: Boa Informação